Saiba como funciona o calendário nacional de vacinação para crianças

As vacinas são fundamenteis para manutenção da saúde da criança e para prevenir doenças. A maioria delas devem ser tomadas antes dos 10 anos de idade. São 12 vacinas aplicadas em 25 doses.

As vacinas são aplicadas nas crianças em unidades de saúde, como por exemplo UBS, em geral, os responsáveis pelas crianças recebem uma caderneta de vacinação, que servirá para controle das vacinas que já foram tomadas e das que precisam ser tomadas. Também é uma das documentações da criança.

As vacinas que devem ser tomadas de acordo com a idade são as seguintes:

Ao nascer:

– BCG (Bacilo Calmette-Guerin): previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea. A dose é única.

– Hepatite B. A dose é única.

Com 2 meses:

– Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB. 1ª dose.

– Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne poliomielite ou paralisia infantil. 1ª dose.

– Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo. 1ª dose.

– Rotavírus: previne diarreia por rotavíru).1ª dose.

Com 3 meses:

– Meningocócica C: previne a doença meningocócica C. 1ª dose.

Com 4 meses:

– Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por Haemóphilus influenzae tipo B. 2ª dose.

– Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne a poliomielite ou paralisia infantil. 2ª dose.

– Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo. 2ª dose.

– Rotavírus: previne diarreia por rotavírus. 2ª dose.

Com 5 meses:

– Meningocócica C: previne doença meningocócica C. 2ª dose.

Com 6 meses:

– Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite e infecções por HiB. 3ª dose.

– Vacina Inativada Poliomielite (VIP): previne poliomielite ou paralisia infantil. 3ª dose.

Com 9 meses:

– Febre Amarela: previne a febre amarela. A dose é única.

Com 12 meses:

– Tríplice viral: previne sarampo, caxumba e rubéola. 1ª dose.

– Pneumocócica 10 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo. Reforço.

– Meningocócica C: previne doença meningocócica C. Reforço.

Com 15 meses:

– DTP: Difteria, tétano e coqueluche. 1º reforço.

– Vacina Oral Poliomielite (VOP): previne poliomielite ou paralisia infantil. 1º reforço.

– Hepatite A. A dose é única.

– Tetra viral ou tríplice viral + varicela: previne sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora. Uma dose.

Com 4 anos:

– DTP: Difteria, tétano e coqueluche. 2º reforço.

– Vacina Oral Poliomielite (VOP): previne poliomielite ou paralisia infantil. 2º reforço.

– Varicela atenuada: previne varicela/catapora.

Entre 9 e 14 anos:

– HPV: previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais. 2 doses com seis meses de intervalo.

Para receber orientações e tirar dúvidas leve a sua documentação e a do seu filho em uma unidade de saúde mais próxima da sua casa. E lembre-se, a maioria das doenças se combate vacinado.

Siga as redes sociais da Prefeitura de Águas Lindas:

Facebook: https://www.facebook.com/GovernoMunicipalDeAguasLindas

Instagram: https://www.instagram.com/prefeitura.aguaslindas

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Águas Lindas de Goiás

Fotos: Divulgação