Turcos prendem irmã de Abu Bakr al-Baghdadi, chefe do Estado Islâmico morto na Síria

Ela foi detida também no norte da Síria, onde morreu seu irmão. Rasmiya Awad estava com o marido, a nora e cinco crianças.

Por France Presse (Foto: Funcionários de segurança turcos/Reuters)

05/11/2019 11h49  Atualizado há 46 minutos

Uma irmã de Abu Bakr al-Baghdadi, chefe do grupo extremista Estado Islâmico (EI) que morreu numa operação de tropas americanas no fim de outubro, foi detida no norte da Síria, anunciou uma fonte do governo turco.

“A Turquia capturou a irmã de Abu Bakr al-Baghdadi em Azaz”, norte da Síria, afirmou a fonte, que pediu anonimato. “Rasmiya Awad, nascida em 1954, foi capturada em uma operação perto de Azaz”, completou.

Azaz estava com o marido, a nora e cinco crianças. “Os três adultos estão sendo interrogados”, disse a fonte.

“O que averiguamos ajudará a Turquia e o resto da Europa em uma proteção mais eficiente contra os terroristas”. A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), confirmou a detenção da irmã de Al-Baghdadi, seu marido, sua nora e “cinco netos”, em um campo nas proximidades de Azaz.

“Outros quatro iraquianos também foram detidos”, afirmou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman. A cidade de Azaz fica em ma região do noroeste da Síria sob controle turco desde 2016.

Abu Bakhr Al-Baghdadi em vídeo divulgado nesta segunda (29) — Foto: AFP/Al-Furqan
Abu Bakhr Al-Baghdadi em vídeo divulgado nesta segunda (29) — Foto: AFP/Al-Furqan
Morte de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico — Foto: Guilherme Luiz Pinheiro/G1
Morte de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico — Foto: Guilherme Luiz Pinheiro/G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.