Parque Tecnológico de Brasília e Huawei realizam primeiro teste de 5G no país

Foto: Divulgação

Parceria entre o Governo do Distrito Federal e a empresa chinesa será assinada nesta quarta-feira, e demonstração da tecnologia começa em até 90 dias

Parque Tecnológico de Brasília (BioTIC) terá um espaço dedicado à demonstração da tecnologia de conexão 5G. A iniciativa é fruto de parceria entre o local, o Governo do Distrito Federal e a empresa de tecnologia chinesa Huawei, que será assinada nesta quarta-feira (26), com a presença do governador Ibaneis Rocha. A expectativa é que o ‘showroom’ inicie operações em até 90 dias, prazo para chegada do hardware da China.

Leonardo Reisman, diretor de inovação do BioTIC, explicou à StartSe que a ideia, neste primeiro momento, é criar um ambiente de demonstração dos diversos usos da rede 5G. “Vamos apresentar o potencial da tecnologia e divulgar a grande disrupção que o 5G representa em termos de IoT (Internet das Coisas), de indústria 4.0 e outras áreas que serão impactadas”, afirma.

A demonstração do potencial do 5G será realizada através de experiências abertas ao público com equipamentos da Huawei. Portanto, não estarão restritas às empresas e pessoas que trabalham no Parque Tecnológico.

No longo prazo, o objetivo é que o BioTIC se torne uma “mini smart city”, ou seja, um ambiente totalmente conectado ao 5G, inteligente e que fomente o desenvolvimento de novas tecnologias. “O Parque ainda é um local nascente, com um ano desde a fundação. Por enquanto, temos dois prédios e estamos criando um ecossistema de inovação aqui dentro”, diz Reisman. “Ainda temos 1 milhão de metros quadrados para construir”. Este plano para o futuro depende da regulamentação do 5G comercialmente, por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), prevista para 2021.

Conexão Brasil-China

A parceria entre o Governo do Distrito Federal, o BioTIC e a Huawei surgiu de um movimento para tornar o Parque um polo de inovação internacional, por meio de uma “política de conexões globais”, segundo Leonardo Reisman. “Conversamos com algumas empresas chinesas que poderiam querer apresentar suas tecnologias e a Huawei se interessou desde o início”, diz.

“Existe uma perspectiva, embora ainda não seja concreta, de expansão da parceria com a Huawei, com um possível centro de pesquisa. É o início de um relacionamento”, afirma o diretor de inovação. “Para o BioTIC, é muito importante estar ao lado de empresas do porte da Huawei”.

Os testes do 5G ainda dependem, porém, de um quarto elo desta parceria: uma operadora de telefonia móvel. Ao longo dos próximos 90 dias – prazo para que a Huawei transporte equipamento para demonstração da tecnologia à Brasília – é esperado que sejam concluídas as negociações com uma operadora, ainda não revelada, que será responsável pela transmissão da rede de alta velocidade.

Fonte: João Ortega - startse.com

Um comentário em “Parque Tecnológico de Brasília e Huawei realizam primeiro teste de 5G no país

  • 14 de outubro de 2019 em 01:04
    Permalink

    Thank you so much for giving everyone an extraordinarily splendid chance to read articles and blog posts from this site. It is often very terrific plus packed with a lot of fun for me and my office peers to search your blog a minimum of 3 times every week to find out the new things you will have. And definitely, I am certainly amazed concerning the effective ideas you give. Some 4 ideas in this post are truly the most effective we have all had.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.